Cota de isenção de imposto de importação por via terrestre cairá de 300 para 150 dólares a partir de Julho 2015

À partir do dia 01 de julho de 2015, a cota de US$ 300,00, que já era baixa, passará a ser de apenas US$ 150,00. A portaria foi regulamentada nesta terça feira 23/12/2014 pela instrução normativa 1.533/2014 da Secretaria da Receita Federal do Brasil e publicada no Diário Oficial da União. A redução da cota de isenção vale para viajantes que ingressam no país via terrestre, fluvial ou lacustre.

Dilma

Caso o valor ultrapasse o limite, o turista deverá pagar 50% de imposto referente ao valor que exceder a cota de US$ 150,00, ou seja, se o turista comprar uma TV de US$ 200,00, terá que pagar US$ 25 dólares de imposto para o governo. Bens de uso pessoal como celular, vestuário, perfume, relógio não serão computados na cota desde que não caracterizem comércio.

Em Julho de 2014 a cota já havia sido reduzida, porém a decisão foi adiada para o próximo ano, tendo em vista a previsão de abertura de Free Shoppings nas fronteiras terrestres

A cota de US$ 300,00 foi regulamentada em 2005, quando, depois de várias reivindicações os comerciantes da fronteira conquistaram este reajuste. Agora, depois de muita inflação nestes últimos anos, onde a cota deveria passar para US$ 500,00 acaba acontecendo esta redução.

Fonte: http://blog.comprasparaguai.com.br/2014/12/cota-caira-para-150-a-partir-de-julho.html

Não chega a ser uma surpresa:

Como previ neste post de 23 de Julho de 2014, isso era somente questão de tempo. Obviamente o governo adiou esta medida impopular apenas até as eleições passarem e a “presidenta” ser reeleita, da mesma maneira que fez com as taxas de juros, preço da gasolina, preço da energia elétrica e tantos outros. Manobras estas que obviamente visam reconstruir o caixa do governo, severamente prejudicado pelos altíssimos e descontrolados gastos do Governo Federal. Infelizmente não vejo com bons olhos o rumo que a economia brasileira está tomando, com o país afundando cada vez mais. Sinceramente torço para que o Brasil não se transforme em um país quebrado como a Argentina ou dominado pelo comunismo (e falido) como Venezuela ou Cuba.

Você também vai gostar de ver:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Viny

Formado em Sistemas de Informação. Curte praticamente tudo o que é relacionado ao mundo geek/nerd: música, quadrinhos, livros, mangás, animes, games, seriados, filmes, gadgets e tecnologia em geral. Teve vários trabalhos muito distintos (ou nada a ver um com o outro, se preferir ;P), desde vendedor de picolé, entregador de panfletos, auxiliar de produção e caixa de lan house. Sempre teve interesse em tecnologia, até que teve uma oportunidade para trabalhar mais próximo da área: Trabalhou 8 anos como escrav.. ops, como técnico de informática, ouvindo muitas asneiras dos "users" e resolvendo desde problemas "simples" como a recuperação de dados valiosíssimos de um HD queimado ou implantação de redes e servidores até problemas "incrivelmente complexos" como o misterioso caso de um micro que não queria ligar de jeito nenhum (esqueceram de avisar o cliente que o micro só liga se estiver na tomada!) até que um belo dia, no longínquo ano de 2011 (!) encontrou uma oportunidade de carreira no setor público, onde atua desde então. Tem aspirações de atuar na área de desenvolvimento de novas tecnologias, mais especificamente na criação de gadgets. É também um cara enorme (não acha, mas dizem isso, fazer o que?), que amedronta os outros só com seu olhar e seu 1,91m de altura. É bem humorado, apesar de parecer marrento as vezes (só parece). Mas por via das dúvidas, evite provocá-lo. ;P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *