• Anúncio

Governo baixa de US$ 300 para US$ 150 isenção de imposto de importação via fronteira

O governo baixou de US$ 300 para US$ 150 a cota de importação via terrestre por pessoa sem a incidência do imposto de importação, segundo a portaria 307, do ministro da Fazenda, Guido Mantega, publicada no “Diário Oficial da União” desta segunda-feira (21).

Valores acima de US$ 150, segundo a Secretaria da Receita Federal serão tributados com uma alíquota do imposto de importação de 50%. A nova cota, que já está em vigor com a publicação da portaria no “Diário Oficial” nesta segunda-feira, vale também para transporte fluvial e lacustre (nos lagos).

Para o ingresso de mercadorias no país por meio de transporte aéreo, porém, a cota foi mantida inalterada em US$ 500 por pessoa, informou a Receita Federal.

‘Free shops’ nas cidades
O Fisco informou ainda que o limite de importação por terra, rios e lagos foi reduzido porque a portaria também estabeleceu uma cota extra de até US$ 300 para o regime conhecido como “loja franca” ou “free shop”, que poderá funcionar, além dos portos e aeroportos com alfândega, também nas “cidades gêmeas” fronteiriças do Brasil.

Por meio deste regime, as pessoas que comprarem produtos nessas “lojas francas” poderão gastar até US$ 300 acima da cota de US$ 150 por pessoa. As “cidades gêmeas”, porém, dependem de lei municipal que autorize o funcionamento das lojas francas, informou o Fisco.

Segundo o Ministério da Integração Nacional, são consideradas cidades gêmeas aquelas cortadas pela linha de fronteira, seja essa seca ou fluvial, que apresentem potencial de integração econômica e cultural. Não serão consideradas cidades gêmeas aquelas com população inferior a 2 mil habitantes.

A lista com as chamadas “cidades gêmeas”, que poderão ter as “lojas francas”, consta em decreto do ministério, publicado em março deste ano. São elas: Assis Brasil (AC), Brasiléia (AC), Epitaciolândia (AC), Santa Rosa do Purus (AC), Tabatinga (AM), Oiapoque (AP), Bela Vista (MS), Corumbá (MS), Mundo Novo (MS), Paranhos (MS), Ponta Porã (MS), Porto Murtinho (MS), Barracão (PR), Foz do Iguaçu (PR), Guaíra (PR), Guajará-Mirim (RO), Bomfim (RR), Pacaraíma (RR), Aceguá (RS), Barra do Quaraí (RS), Chuí (RS), Itaqui (RS), Jaguarão (RS), Porto Xavier (RS), Quaraí (RS), Santana do Livramento (RS), São Borja (RS), Uruguaiana (RS) e Dionísio Cerqueira (SC).

Fonte: G1/Globo.

Filme – Need for Speed – Resenha e crítica

Need for Speed FilmeEstreou nos cinemas brasileiros na quinta feira, 13/03/2014, o filme Need for Speed, estrelado por Aaron “Jesse Pinkman” Paul, velho conhecido do pessoal que acompanhou Breaking Bad.

A estréia do filme no Brasil ocorreu 1 dia antes dos EUA, onde o filme estreou somente no dia 14.

O filme é baseado na franquia de games da EA, Need for Speed, que estreou em 1994 e é bastante conhecida dos gamers de PC, PlayStation (1, 2, 3 e 4), XBox (1, 360 e One), dos consoles da Nintendo e também de alguns consoles quase desconhecidos como o falecido 3DO.

Leia a sinopse do filme:

Tobey Marshall (Aaron Paul) herdou do pai uma oficina mecânica, onde, juntamente com sua equipe, modifica carros para que se tornem o mais rápido possível. Além disto, Tobey é um exímio piloto e volta e meia participa de rachas. Um dia, o ex-piloto da Fórmula Indy Dino Brewster (Dominic West) o procura para que Tobey possa concluir um Mustang desenvolvido por um gênio da mecânica que já faleceu. Apesar das divergências entre eles, Tobey aceita a proposta por precisar muito do pagamento oferecido por Dino. O carro é concluído e posteriormente vendido. Entretanto, a velha rixa entre eles faz com que disputem um último racha, que conta ainda com a participação de Pete (Harrison Gilbertson), grande amigo de Tobey. A corrida termina em tragédia devido ao falecimento de Pete. Considerado culpado pela morte, Tobey passa dois anos na prisão. Quando enfim é solto, ele organiza um plano para que possa participar de uma conhecida corrida do submundo onde Dino também correrá.

Coincidente, este ser aqui que vos fala teve um tempinho livre na quinta feira e aproveitou para assistir ao filme. \o/

Seguem minhas impressões, sem (ou quase sem) spoilers:

Primeiramente, digo que você não vá ao cinema esperando assistir a um filme cabeça, com roteiro super elaborado e bem encaixado. O foco aqui é diversão, baby!

O roteiro do filme tem mais buracos que as estradas brasileiras. Falarei sobre isso mais abaixo, numa seção que irá conter alguns spoilers.

Como um fã dos jogos, posso afirmar que nesse quesito, o filme é muito fiel aos games, pois o roteiro dos games também é muito maluco(!). Afinal, um game de corrida não precisa ter um roteiro impecável, certo? 😉

O filme é bastante fiel aos games. Tem corrida clandestina, perseguições policiais, acidentes impressionantes, helicópteros no meio da pista, personagens engraçados e é cheio de carrões, muitos carrões.

Veja na galeria ao final do post algumas das máquinas que aparecem no filme.

Mas não espere encontrar as gatas que você encontrava no filme Velozes e Furiosos. Aqui elas aparecem muito pouco! Pow produção, bem que podiam ter deixado o filme mais belo, não acham?

O filme mostra bastante cenas de ação e é muito divertido de assistir. Seus 130 minutos de duração passam voando, assim como os carros na telona. A atuação dos atores é um pouco estranha em algumas partes, mas no geral é bastante crível.

Este filme é bastante divertido e definitivamente vale o preço do ingresso do cinema.

Até o momento, ele recebeu nota 7.4 no IMDB, com o voto de pouco mais de 5100 usuários. Apesar disso, minha nota para o filme é um 8.5. Maior que a do IMDB, talvez por conhecer de onde foi a fonte de inspiração do filme e por ser fã da franquia. 😉

Veja o trailer dublado do filme:

Atenção! Spoiler a frente! A seguir vou comentar sobre os buracos que encontrei no roteiro, que o deixa bem parecido com nossas amadas (sqn) estradas brasileiras. Só continue lendo se você já assistiu ao filme ou se não se importar em ter parte da surpresa estragada, ok? Obviamente, pode ser que eu deixei passar muitos buracos despercebidos, da mesma que não conseguimos desviar de todos os buracos em nossas estradas. Então vou comentar os que eu lembrar.

Fiquem a vontade para usar o espaço de comentários para acrescentar sua colaboração a este post.

Caso não queira ler os spoilers, vá direto para a galeria ao final do post e esqueça que esta parte aqui existe, ok?

Comecei a ver buracos a partir da corrida com os 3 Agera R e vou tentar colocá-los na ordem em que os percebi.

Bem, você foi avisado. Lá vai:

– Os 3 Agera R pertencem a um tio do Dino, são ilegais e não existem oficialmente nos EUA de acordo com o que o Dino diz, logo eles não poderiam ser registrados nos EUA. Quando eles correm e o Dino causa o acidente fatal do Pete, o Tobey volta para tentar salvar o amigo, mas não consegue. Ele é então preso e “testemunhas” dizem que viram somente 2 Agera R correndo. Obviamente isso faz sentido porque o Dino tem $$ pra calar as testemunhas. Mas aí a polícia diz que não conseguiu encontrar nenhum outro carro e que o vermelho não existe. Assim, a culpa fica nas costas do Tobey e ele paga com 2 anos de cadeia.

– Quando ele sai da cadeia, já sai decidido a participar da De Leon (corrida clandestina que merece um tópico próprio de furo no roteiro) para se vingar do Dino. Como assim? O Dino não tinha anunciado ainda que iria participar. A única certeza que ele tinha até o momento, é de que se ele vencesse, iria ganhar o prêmio.

– Sobre a De Leon, ela é uma corrida ilegal, um racha, feito em alguma cidade dos EUA e organizada por um radialista, cuja história se desconhece, apenas se especula no filme. Essa corrida é transmitida via internet, mostrando os dados dos corredores, quem são e o ponto exato onde seus carros estão na corrida. Exatamente como o mapa que existe nos jogos Need for Speed. Mas é o seguinte: A corrida é ilegal, certo? A polícia não poderia acessar os dados que estão na internet pra prender os corredores? Se é ilegal, não se divulga na internet e no rádio!!

– Tobey convence o milionário inglês que comprou o Mustang ao lado pela bagatela demustang-2 U$2.700.000,00 a ceder o carro para que ele possa participar da corrida De Leon e oferece como recompensa a metade do prêmio, que seria no total, de aproximadamente 7 milhões. Este prêmio não é em dinheiro. O vencedor fica com todos os carros da corrida, cujo valor somado chega a isso. Baita negócio, né? SQN!! Esta é uma corrida ilegal, lembram? E os prêmios são em… carros! Isso mesmo! Os prêmios são os carros dos perdedores! Continue lendo para descobrir por que isso não é um baita negócio afinal.

– Dino, um ex corredor da Formula Indy e portanto, famoso, anuncia publicamente que irá participar da De Leon! Como assim, Dino? Você não tem medo nenhum da polícia? Pode anunciar publicamente que vai participar de um racha e não terá nenhuma consequência?

– Ainda, Dino oferece uma recompensa: sua Lamborghini Sesto Elemento (foto) para quemlamborghini-sesto-elemento-2 conseguir acabar com o Tobey para que ele não participe da corrida! Como assim, cara? É normal oferecer uma recompensa pela cabeça de outra pessoa assim, publicamente? Não há nenhuma consequência? Se bem que ele não pede para matarem o Tobey e sim, o tirarem da corrida, mas a interpretação é livre, então…

– Acabam conseguindo detonar o coitado do Mustang depois de muitas tentativas. Coitado do carrinho… 🙁 Mas Tobey não desiste, e através de sua ex, que agora tinha acabado de se tornar ex do Dino também, consegue outro carro pra correr. O Agera R vermelho! Isso mesmo! Dino tinha deixado o carro guardado em um armazém e  o Tobey conseguiu pegá-lo!

– Um preso em uma base militar consegue com que uma oficial que estava vigiando a cela lhe traga um iPad para que ele possa acompanhar a corrida e ela ainda serve como suporte, segurando o iPad para ele!! WTF?

– Tobey participa da corrida com o Agera. Um a um os corredores vão sendo eliminados, por barbeiragem, pela polícia ou por outros corredores e os carros vão sendo destruídos (lá se vai, um a um, os prêmios da corrida). No final, Tobey vence a corrida e o Dino tem a Lamborghini destruída.

– Bomba!!! Agora a polícia consulta o registro do Agera vermelho e descobre que ele está no nome do Dino!! Peraí! Como assim? O carro não era ilegal nos EUA? Sendo ilegal, ele não poderia ter registro! Hum…. E.. espera… Se o carro está no nome do Dino, porque no começo do filme, Dino diz que os carros são do tio dele? E, se o carro realmente está registrado (sendo que nem poderia, por ser ilegal), como a polícia não descobriu isso antes, quando o Tobey foi preso? Mistééééérioooo!!! =p

 – Saldo final do filme: Tobey foi preso de novo pra provar a inocência(!). Dino foi preso também e culpado pelo acidente que matou Pete (isso ok). O milionário inglês perdeu o Mustang… E lembram que todos os carros da De Leon foram destruídos e só sobrou o Agera vermelho? Mesmo assim, o Agera estava meio detonado e provavelmente acabou sendo apreendido pela polícia porque era ilegal nos EUA e foi usado em um crime. Ou seja, o prêmio da corrida foi ZERO!!! Todos saíram no prejuízo, só o Tobey que acabou conseguindo se vingar pela prisão injusta do começo do filme, mas ainda assim, ficou mais 6 meses preso por causa disso.

Bem, esses foram os buracos que percebi. Fiquem a vontade para comentar o que acharam do filme.

Como já falei, embora o filme tenha muitos buracos no roteiro, ele é um filme muito divertido de se assistir. Um bom entretenimento e definitivamente vale o ingresso.

Veja abaixo a galeria de imagens do filme:

Como ligar seu XBox One ou PlayStation 4 ao Home Theater usando um cabo RCA

Finalmente comprou seu Xbox One ou PlayStation 4, mas na hora de ligar ele ao seu Home Theater descobriu que seu HT não tem entrada HDMI e ficou sem opções para levar o som a ele?

Seu HT aceita apenas entrada de áudio RCA?

Por isto, você está usando o som fraquinho de sua TV?

Não se preocupe!

Neste post apresentaremos uma solução para o seu problema.

De quebra apresentamos também uma solução para melhorar a ventilação de seu console.

Mostramos também como ligar seus outros aparelhos (PS3, PS4, Xbox 360, etc.) usando a mesma estratégia.

Você poderá utilizar esta solução para qualquer equipamento que tenha saída HDMI.

Isso inclui seu PlayStation 4, seu BluRay player, etc.

Vamos lá.

Você pode clicar nos nomes dos produtos para ser direcionado ao site que permite a compra deles.

O que você vai precisar?

Splitter HDMI + Audio

Splitter HDMI + Audio

Cabo HDMI

Cabo HDMI

Cabo RCA 5 Metros

Cabo RCA 5 Metros

O que você também pode precisar?

Os outros itens sugeridos no tutorial são:

Hub/Switch HDMI

Hub/Switch HDMI

Hub/Switch RCA

Hub/Switch RCA

Ventilador USB

Ventilador USB

Adaptador 2 RCA Fêmea

Adaptador 2 RCA Fêmea

Fita dupla face

Fita dupla face

>>>> Assista o vídeo explicando como fazer as conexões. <<<<

Titanfall – Teste da versão beta do XBox One

TitanfallPara quem está antenado com as novidades do mundo dos games, não deve ser nenhuma novidade que no mês de março serão lançadas as versões definitivas do game multiplayer online Titanfall (CoD killer? – Maybe…) para o XBox One e PC.

Pois bem, neste último final de semana, foi liberada a versão beta do jogo.

Alguns dias depois, foi liberada também a versão beta do PC.

Pois bem, como não poderia deixar de ser, baixei a versão beta do XBox One (quase 5GB) e a testei.

No início ocorreram alguns problemas para encontrar um servidor, mas depois o jogo transcorreu normalmente.

Testei o jogo no dia 17/02 a noite.

Infelizmente não tive mais tempo para testar durante o resto da semana e ontem a noite (21/02) o beta já estava encerrado.

gameplay

Resumindo: Vale a pena comprar o jogo? – Sim, muito!

Confira a seguir os vídeos que fiz do jogo juntamente com comentários de minhas impressões.

Clique nos links a seguir para visualizar os vídeos no YouTube:

Vídeo #1

Vídeo #2

Vídeo #3

Vídeo #4

Bruce Dickinson na Campus Party 2014 #cpbr7

Bruce Dickinson esteve presente na Campus Party 2014 como palestrante e deu sua visão de negócios como empreendedor.

Quem não o conhece, bem. Ele é o vocalista de uma pequena banda que está começando a ficar famosa por aqui.

Essa banda se chama Iron Maiden.

Brincadeiras a parte, Bruce não só é o vocalista da banda, como piloto de avião, proprietário de uma empresa de manutenção de aviões e agora cervejeiro! Isso mesmo! Cervejeiro!

Veja algumas frases ditas por ele durante sua apresentação na Campus Party:

A única coisa que não se pode ensinar a alguém é a dedicação.

Não fazemos novas músicas para vender CDs. Uma banda não sobrevive com a venda de CDs. Fazemos novas músicas para conseguir novos fãs! Os fão vão aos shows e isso que traz dinheiro!

Não concordamos com as gravadoras em processar as pessoas que baixam músicas. As pessoas baixam nossas músicas porque amam elas! Porque processaríamos alguém por isso? Não faz sentido!

Uma empresa não conseguirá se sustentar no futuro se tiver apenas consumidores! Os consumidores não são fiéis. Aparecendo uma oferta melhor no concorrente, eles serão atraídos para lá. Ela precisará transformar os consumidores em fãs! É isso o que a Apple fez! A Apple é quase uma religião. Os clientes são fãs dos produtos Apple e compram quase qualquer coisa que a empresa lança.

Sobre esta última afirmação, acredito que o poder da Apple está enfraquecendo após o falecimento do seu gênio, Steve Jobs.

Aproveitando:

Bruce, alguma chance de trazer a cerveja Trooper pro Brasil? ;D

Bruce, any chance to bring the Trooper beer to Brazil?

Cerveja Trooper - Iron Maiden

Cerveja Trooper – Iron Maiden

 

Olá mundo Geek!

Este é o nosso “Hello Word!”

Estamos começando hoje nossa jornada.

Esperamos que ela seja muito produtiva, dinâmica, bem humorada e divertida, tanto para nós, quanto para vocês.

Trazendo sempre conteúdos de qualidade, com notícias relevantes para o universo geek/nerd e porque não, também trazendo nossas opiniões pessoais sobre os temas abordados e gerando argumentos para debates.

Afinal, opinião é como b…  Cada um tem a sua. Pode-se não concordar com a opinião ou o ponto de vista do outro e contra argumentar, mas sem desrespeito, certo?

Utilizem o espaço reservado aos comentários como preferirem. Só não façam spam, comentários ofensivos ou para fazer propaganda de alguma coisa, pois abateremos este tipo de comentários com um belo headshot sem pena e sem remorso nenhum.

É isso aí!

Let the fun begin!

 

  • Anúncio

  • Ofertas