• Anúncio

Livros Editora Darkside: Candyman, Legião, Diário de Myriam, Big Baby, De Volta para o Futuro

Neste vídeo:

Unboxing de um pacotão de livros da Editora Darkside.
Promoção de Sexta Feira 13!!!

Onde comprar:

Legião: LINK
Big Baby: LINK
Candyman: LINK
De Volta Para o Futuro: LINK
O Diário de Myriam: LINK

======================= CURSOS =======================

Curso de Desenvolvimento de Games: LINK

Vídeo sobre o curso de desenvolvimento de games: LINK

Curso de programação Full-Stack: LINK

Combo Master Danki.Code: LINK

======================= CURSOS =======================

Quer 30 dias de Amazon Prime grátis (“Netflix” da Amazon + “Spotify” + frete grátis)?
Acesse este LINK

====
Sobre os livros (retirado do site da editora):

– O Diário de Myriam (Myriam Rawick)

De um lado, uma menina judia que passou anos escondida no Anexo Secreto tentando
sobreviver à guerra de Hitler. De outro, uma garota síria que sonha ser astrônoma e vê
seu mundo girar após a eclosão de um conflito que ela nem mesmo compreende. Mesmo
separadas por mais de setenta anos, Anne Frank e Myriam Rawick têm um elo comum: ambas
são símbolos de esperança e resistência contra os horrores de um país em guerra e
acreditam no poder das palavras.

– Legião (William Peter Blatty)

A história começa dez anos depois do exorcismo de Regan MacNeil, a jovem menina
endiabrada que Linda Blair incorporou no cinema. Só que agora o sobrenatural ganha
também uma pegada de romance policial.
O detetive (e cinéfilo nas horas vagas) William F. Kinderman volta à cena, investigando
uma série de assassinatos brutais — entre eles, a crucificação de um garoto de apenas
doze anos. O modus operandi dos crimes parece indicar a assinatura mórbida do assassino
em série Geminiano. Mas como solucionar um caso em que o principal suspeito está morto
há mais de uma década?
Para criar o personagem Geminiano, Blatty se inspirou no Zodíaco, lendário serial killer
que aterrorizou a Califórnia entre os anos 1960 e 1970, e que até hoje não foi
identificado pela polícia. Zodíaco, pelo visto, era fã da obra do autor. Em 1974, o
assassino enviou uma carta ao San Francisco Chronicle elogiando o filme O Exorcista como
“a melhor comédia satírica a que já assisti”.
Uma curiosidade: aproveitando o sucesso de crítica e bilheteria do primeiro filme, O
Exorcista II — O Herege chegaria aos cinemas em 1977. No entanto, este filme não teve
nenhuma participação criativa do autor. Por isso mesmo, o livro LEGIÃO é considerado
como a verdadeira sequência da obra-prima de Blatty.
Como sempre, a edição em capa dura da DarkSide® Books segue aquele padrão quase
demoníaco de qualidade. É como dizem: o diabo mora nos detalhes. Mas cuidado ao expor
LEGIÃO em sua estante! Um livro assim é capaz de intimidar os mais corajosos, antes
mesmo de se virar a primeira página. Só não se assuste se perceber o livro olhando em
sua direção; afinal, você deve estar imaginando coisas.
Para tornar sua experiência ainda mais assustadora — caso isso seja possível —, uma boa
dica é emendar a leitura de LEGIÃO com outro título da Caveirinha: Exorcismo, de Thomas
B. Allen, livro que detalha o caso real de possessão demoníaca que inspirou a criação de
O Exorcista.
PEGUE ÁGUA BENTA, UM CRUCIFIXO, FAÇA O SINAL DA CRUZ E VÁ LER.
LEGIÃO ESPERA POR VOCÊ.

– Big Baby (Charles Burns)

Do criador do clássico Black Hole, a DarkSide® Books orgulhosamente apresenta outra
obra-prima do horror moderno nos quadrinhos do mestre Charles Burns. Big Baby reúne
quatro histórias do personagem título, apelido de Tony Delmonte, um fã dos clássicos
quadrinhos de terror, revistinhas pulp e filmes B e um típico jovem dos subúrbios
norte-americanos dos anos 1980.
As quatro histórias – escritas e desenhadas entre 1983 e 1992 e publicadas na revista
RAW, de Art Spiegelman (autor de Maus) e Françoise Molly, em jornais semanais de forma
serializada e mais tarde em livro pela Kitchen Sink Press – foram reunidas pela primeira
vez em livro pela editora norte-americana Fantagraphics em 1999 e, finalmente, chegam ao
Brasil.
Em “A Maldição dos Toupeiros”, Big Baby e sua curiosidade infantil são o ponto de
partida para uma história que envolve um marido desconfiado de sua fiel esposa e homens
toupeira que mantêm pessoas em cativeiro em uma prisão subterrânea no quintal do
vizinho. “Peste Juvenil” poder ser lido como preâmbulo a Black Hole e seus jovens
infectados, em um mundo às voltas com possíveis seres bizarros e alienígenas.“Clube de
Sangue” se passa em um acampamento de verão, cenário perfeito e usual para histórias de
fantasma e intrigas entre os adolescentes que precisam provar estarem aptos a entrarem
para o clube.
Como em seus melhores momentos, Burns investiga os dramas, as dores e as delícias do
amadurecimento e da aceitação em um dos períodos mais conturbados na vida de qualquer
pessoa. A precisão cirúrgica do traço de Burns acrescenta uma frieza sinistra ao seu
peculiar senso de humor. Junto à sua ligação afetiva com a cultura do horror em voga nos
anos 1950 e 1960, algo constante em sua obra, produz em Big Baby mais uma narrativa
brilhante que captura de maneira magistral o desconforto e o medo da adolescência no
final do século XX.

– Candyman (Clive Barker)

Não é lenda urbana: Candyman está de volta. Você tem coragem de ler a história que deu
origem a um dos personagens mais assustadores do cinema? Então prepare-se para a edição
exclusiva, em capa dura, de mais uma obra-prima de Clive Barker, num livro doce e
sangrento como só a DarkSide® Books poderia lançar.
Em 1992, os fãs de filmes slasher ganharam um novo motivo para ter medo da escuridão. Um
assassino sobrenatural que dilacerava sem perdão todos aqueles que ousavam repetir cinco
vezes o seu nome: Candyman. O personagem, encarnado pelo ator Tony Todd, se tornou um
bicho-papão coletivo de pelo menos duas gerações que cresceram rebobinando clássicos do
terror em VHS. Mas muitos ainda não tiveram a chance de entrar em contato com a entidade
original.
Candyman nasceu da mente genialmente doentia de Clive Barker. Sua primeira aparição
aconteceu em 1985 como uma novela literária (com o título The Forbidden), publicada em
uma das muitas coletâneas do autor. Na adaptação para o longa-metragem, produzido pelo
próprio Barker, trama, cenário e protagonistas sofreriam alterações. Mas a maldição
continua ali, assim como as abelhas e a mão de gancho vingadora.
Um dos grandes prazeres mórbidos é justamente descobrir as diferenças entre o livro e o
filme. E se você quiser criar o clima ideal, a dica é abaixar a luz e acompanhar a
leitura com a trilha sonora original composta por Phillip Glass. Os arrepios estão
garantidos.
Candyman chega aos leitores brasileiros com uma edição que não se encontra igual em
lugar nenhum do mundo. A autorização veio do próprio Clive Barker, em sinal de
reconhecimento do autor pela paixão e o respeito com que a DarkSide® Books vem
publicando sua obra. Do autor, a DarkSide® já lançou Hellraiser: Renascido do Inferno e
Evangelho de Sangue. O mestre em pessoa declarou que é impossível haver uma edição mais
bonita de Hellraiser do que a brasileira e a indicou aos leitores gringos: “Um item que
definitivamente todo colecionador precisa ter […], mesmo sendo em outro idioma”.
Estamos prontos para repetir o sucesso. E se você seguiu o conselho e está lendo este
release em voz alta, atenção. Você acaba de evocar o nome de Candyman pela quinta vez.
Tome muito cuidado.

– De Volta Para o Futuro (Caseen Gaines)

O futuro está de volta. Há 30 anos, Marty McFly fazia sua primeira viagem no tempo, a
bordo de um DeLorean. Tinha início uma das maiores trilogias da história do cinema. De
Volta Para o Futuro é um marco da cultura pop, conquistando gerações de fãs leais a cada
reprise na tv ou nos relançamentos em todas as mídias possíveis, do vhs piratão aos
modernos vídeos on demand.
Para comemorar o 30º aniversário da saga que reinventou a ficção científica, com boas
doses de humor e aventura, a DarkSide® Books tem o prazer de anunciar mais um lançamento
imperdível para qualquer geek que se preze: DE VOLTA PARA O FUTURO: WE DON’T NEED ROADS
– OS BASTIDORES DA TRILOGIA.
O livro de Caseen Gaines é o documento mais completo sobre a trilogia De Volta Para o
Futuro, além de ser uma verdadeira aula sobre cinema. Para conseguir reunir informações
exclusivas, muitas daquelas que nem o mais apaixonado dos fãs conhecia direito, o autor
levou vinte meses de pesquisa e conduziu mais de quinhentas horas de entrevistas com
equipe técnica, elenco e fãs. O diretor Robert Zemeckis, o produtor e corroteirista, Bob
Gale, o insubstituível Christopher Lloyd (Dr. Emmet Brown) e até mesmo Huey Lewis, autor
de “Power of Love”, canção-tema do filme de estreia, relembram, com detalhes, como a
saga ganhou vida. Críticos de cinema, documentaristas e fãs dedicados também ajudaram a
enriquecer o conteúdo do livro.
Entre as muitas curiosidades desvendadas por Caseen Gaines estão os verdadeiros motivos
que levaram Zemeckis a demitir Eric Stoltz (Máscaras do Destino, Pulp Fiction), o
primeiro ator a interpretar McFly diante das câmeras; por que De Volta Para o Futuro
quase se chamou O Homem de Plutão; como Chuck Berry quase sabotou o solo de guitarra de
Marty; ou ainda, por que a velocidade necessária para o DeLorean viajar no tempo é de 88
milhas por hora?
DE VOLTA PARA O FUTURO: WE DON’T NEED ROADS – OS BASTIDORES DA TRILOGIA chega aos
leitores brasileiros no tão esperado dia 21 de outubro de 2015. A data marca a viagem de
McFly, sua namorada Jennifer e Dr. Brown ao século XXI no gancho do primeiro para o
segundo filme da trilogia, e será celebrada no mundo inteiro como o Back To The Future
Day. Enquanto esperamos que os skates voadores (hoverboards, para os íntimos) estejam
disponíveis para o grande público, uma coisa é certa: o futuro já chegou!

Você também vai gostar de ver:

Tags , , , , , , , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Viny

Formado em Sistemas de Informação. Curte praticamente tudo o que é relacionado ao mundo geek/nerd: música, quadrinhos, livros, mangás, animes, games, seriados, filmes, gadgets e tecnologia em geral. Teve vários trabalhos muito distintos (ou nada a ver um com o outro, se preferir ;P), desde vendedor de picolé, entregador de panfletos, auxiliar de produção e caixa de lan house. Sempre teve interesse em tecnologia, até que teve uma oportunidade para trabalhar mais próximo da área: Trabalhou 8 anos como escrav.. ops, como técnico de informática, ouvindo muitas asneiras dos "users" e resolvendo desde problemas "simples" como a recuperação de dados valiosíssimos de um HD queimado ou implantação de redes e servidores até problemas "incrivelmente complexos" como o misterioso caso de um micro que não queria ligar de jeito nenhum (esqueceram de avisar o cliente que o micro só liga se estiver na tomada!) até que um belo dia, no longínquo ano de 2011 (!) encontrou uma oportunidade de carreira no setor público, onde atua desde então. Tem aspirações de atuar na área de desenvolvimento de novas tecnologias, mais especificamente na criação de gadgets. É também um cara enorme (não acha, mas dizem isso, fazer o que?), que amedronta os outros só com seu olhar e seu 1,91m de altura. É bem humorado, apesar de parecer marrento as vezes (só parece). Mas por via das dúvidas, evite provocá-lo. ;P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Anúncio

  • Ofertas